4 Dicas imperdíveis no Uruguai

O Uruguai é, sem dúvidas, um destino incrível! Você encontra de tudo um pouco, a parte antiga, praias badaladas, museus, mercadão, ruas com lojas estilosas e o famoso casino hotel Conrad, localizado em Punta del Este. O Uruguai sempre tem muito a oferecer, porém, esse post é dedicado aquelas dicas um pouco menos turísticas, mas, não menos interessantes que as mais conhecidas do país.

fo_cent_degustacion

A primeira dica começa em Montevideo com a Vinícola Bouza. Este passeio é ideal não só para os amantes do vinho, mas também, para quem gosta de natureza, aquele clima de interior e uma ótima gastronomia. Os vinhos da Bouza são excelentes e pouco conhecidos no Brasil, vale muito a pena fazer a degustação ou a visita guiada com almoço. Para ambos é necessário fazer o agendamento com antecedência. Os preços variam na média de 490 a 1000 pesos (opção com almoço).

bodega-garzon

Bodega Garzon: Esta segunda e excelente dica está localizada no caminho entre Montevideo e Punta del Este, aproximadamente 2h40 de Montevideo e 1h15 de Punta del Este. Logo na entrada já é possível ver o cenário deslumbrante deste local com uma construção em estilo rústico. A visita a Bodega Garzon se inicia com a exibição de um filme de alguns minutos, após o filme, o grupo poderá escolher entre as diversas atrações do local, como visitas em trolley, passeio de balão, de bicicleta, piquenique, entre outros. E ao final da visita você terá a oportunidade de degustar um dos melhores azeites do Uruguai. Também é necessário a reserva antecipada. A vinícola ainda não está aberta para visitação.

la-huella-01

La Huella: Localizada em Jose Ignacio, o La Huella é um dos point mais badalado dos Uruguaios. Mesmo sendo badalado e muito bem frequentado, não é muito turístico devido a sua localização (localizado a quase 1h de Punta del Este). O lugar é bem rústico, de frente para o mar e oferece uma gastronomia impecável com drinks de tirar o fôlego. Ideal para a famíia inteira curtir o por-do-sol e todo o estilo de Punta. Também é necessário fazer reserva com antecedência.

punta_lauberge

L´Auberge: O L´Aurberge é um elegante hotel localizado fora da agitação de Punta del Este. A dica vai além de se hospedar neste incrível hotel (se o orçamento permitir), mas também, provar os deliciosos Waffles, com certeza, um dos melhores locais do Uruguai. Os Waffles são servidos na elegante sala de chá do hotel onde é possível curtir o clima romântico e cheio de charme. Também é necessário fazer reserva com a antecedência.

Vacina contra febre amarela passa ser válida para toda a vida

FEBRE-AMARELA-VACINA-1100

Sim! Mais uma boa notícia! Desde 2013, a Organização Mundial de Saúde já tinha determinado que já não seria mais necessário o reforço da vacina contra febre amarela a cada 10 anos, porém, desde 11 de julho de 2016, todos os certificados internacionais de vacinação contra febre amarela já são emitidos como “Life” para toda a vida.

Para quem tomou a vacina antes dessa data, não se preocupe, pois o seu certificado mesmo com os 10 anos vencidos, também ficará válido para sempre e deve ser aceito em todos os países associados à Organização Mundial de Saúde.

Caso você nunca tenha tomado a vacina, ainda é necessário seguir as principais regras:

  1. Tomar com no mínimo 10 dias de antecedência;
  2. Efetuar a troca do certificado nos postos credenciados.

Dicas para compras em Outlets fora do país

compras-eua

Mesmo com o aumento do dólar, muita gente ainda recorre aos Outlets fora do país para fazer suas compras. De fato alguns itens ainda podem ter ótimos preços comparados ao Brasil. Se você é ainda iniciante em fazer compras na gringa, confira as dicas abaixo:

  1. Vá sozinho: Caso não consiga ir totalmente sozinho, leve o mínimo de acompanhantes para as compras, pois muitas vezes acaba perdendo o foco e deixando de comprar o que precisa. Uma dica para quem vai acompanhado é se encontrar em algum lugar específico depois de um tempo e enquanto isso ambos procuram o que precisam.
  2. Roupas confortáveis: As Outlets em geral costumam ser muito grandes, portanto, não se esqueça de roupas e tênis confortáveis.
  3. Lista de compras: Parece clichê, mas fazer uma lista de compras é realmente muito importante para não perder o foco. As lojas são realmente tentadoras e comprar itens pelo preço acaba comprometendo o orçamento.
  4. Leve uma mochila ou uma mala: De acordo com os itens que deseja comprar, leve uma mochila ou mala de viagem, pois carregar sacolas além de não ser muito prático acaba sendo cansativo.
  5. Malas de viagem: Caso você precise trocar suas malas de viagem, aproveite para compras novas malas nas Outlets pois costumam ter preços muito bons!
  6. Estude o mapa da Outlet: Como disse anteriormente, as Outlets costumam ser bem grandes, então o ideal é escolher as lojas que pretende fazer suas compras e já estudar um pouco o mapa para visualizar os melhores roteiros.
  7. Horário de Funcionamento: Verifique sempre antes da sua visita o horário de funcionamento da Outlet, pois pode variar entre os dias da semana e temporadas.
  8. Confira peça por peça: É sempre importante verificar zípers, botões, qualidade do tecido e defeitos no geral das peças antes de confiar totalmente nos preços infalíveis.
  9. Vá com tempo: Não adianta visitar uma Outlet com pressa, você vai acabar não comprando o que precisa ou comprando itens errados ou mais caros. O ideal é não ter muita pressa ou calcular um tempo sempre a mais do que o necessário.
  10. Leve água: Não se esqueça de levar uma garrafinha de água na mochila para não perder tempo.
  11. Não deixe suas compras no carro: Os furtos aos carros principalmente em Orlando se tornam cada vez mais comuns devido aos turistas deixarem suas compras no carro. Portanto, leve uma mala e mantenha com você.
  12. Cupons de desconto: Visite os sites das Outlets que pretende visitar e imprima os cupons de desconto, caso tenha, para te ajudar a economizar ainda mais!
  13. Numeração: As numerações na Europa e EUA costumam ser diferentes do Brasil, portanto leve com você uma tabelinha de conversão das numerações para facilitar.

compras-outlet-orlando

 

Dicas de Mendoza

IMG_0628

Hoje é dia de post sobre Mendoza, uma cidade incrível da Argentina.

Mendoza está localizada no oeste da Argentina e fica aos pés da Cordilheira dos Andes. A região é bastante conhecida pelos seus vinhos devido a sua alta produção que chega aos 80% do total dos vinhos produzidos em todo o país, além de contar com mais de 100 vinícolas espalhadas pela cidade onde é possível fazer degustações e visitas.

Além das bodegas, a cidade conta com outros atrativos como hotéis luxuosos, casinos, boa gastronomia, paisagens de tirar o fôlego, estações de esqui, praças e monumentos históricos.

Confira abaixo as principais dicas para visitar Mendoza:

Como chegar: A melhor forma de chegar em Mendoza de São Paulo ou outros estados é fazendo uma conexão em Buenos Aires, o tempo de voo entre São Paulo e Buenos Aires é de 2h50 (aproximado) e de Buenos Aires a Mendoza 01h15 (aproximado).

Quanto tempo ficar: Acredito que o ideal para visitar Mendoza são 3 dias inteiros, sendo 2 dias para visitas às vinícolas e mais 1 dia inteiro para o passeio a Alta Montanha onde é possível desfrutar das incríveis paisagens andinas.

IMG_0619

Onde comer: Algumas vinícolas possuem restaurante no próprio local onde é possível almoçar (menu degustação ou à la carte), e no centro de Mendoza também há boas opções entre elas o renomado 1884 do Chef Francis Mallman (é necessário fazer reservas Belgrano 1188, 5501 Mendoza, Argentina).

IMG_0608

Quais vinícolas ir: Depende. Ha 3 regiões principais de vinícolas que são afastadas do centro de Mendoza (Luján de Cuyo, Maipu e Vale de Uco).  Em todas as regiões há inúmeras vinícolas onde é possível fazer as visitas. O ideal é escolher vinícolas da mesma região para visitar no mesmo dia pois o tempo de percurso entre elas pode chegar a 1h.

Em geral as visitas e degustações duram em média 2h (incluindo tempo de transporte). Portanto recomendo que visite no máximo 3 vinícolas por dia, sendo a última a vinícola do almoço. A Catena Zapata e Chandon são as mais famosas e procuradas pelos visitantes, por isso aconselho que faça a reserva com 30 dias de antecedência dependendo da época, em alta temporada e feriados é bom reservar com 45 dias de antecedência. A taxa média de visita e degustação é entre AR 120 a AR 300 por pessoa.  Outras vinícolas com destaque também são a Pulenta Estate, Salentein, Zuccardi, Trapiche, Norton…

IMG_0625

IMG_0646

IMG_0632

IMG_0652

Transporte: É natural que nas vinícolas se bebe muito vinho então contratar um Remis é a melhor e praticamente única opção para se locomover entre hotel – vinícolas, já no centro o táxi é a melhor opção. Existem inúmeras empresas que oferecem o serviço de Remis, que vale muito a pena pois as regiões das vinícolas são afastadas, mal sinalizadas e não existem táxis. O custo de um remis varia entre USD 120 – 170 por dia por carro dependendo das vinícolas (a maioria cobra somente em dólar).

IMG_0659

Passeio Alta Montanha: Dica imperdível, é um passeio que percorre cerca de 200 km desde Mendoza e faz paradas em alguns pontos, incluindo a estação de esqui Penitentes e a cidade de Las Cuevas que fica na divisa entre Argentina e Chile e possui 3200 mts de altitude. O passeio pode ser comprado em diversas agências entre elas o Decolar.com (recomendo não tive problemas). A duração é de dia inteiro saindo as 7h30 e retornando por volta das 18h. Valor médio do passeio R$ 120,00 (Somente transporte em tour regular).

IMG_0701

 

 

 

Travel Week 2016

Banner

Regada a muito champagne a Travel Week abre as portas e inicia sua 6° edição! A feira começou no dia 03/05 (terça-feira) com coquetel voltado somente para convidados. Como nos anos anteriores, a feira acontece na Bienal do Ibirapuera até hoje (sexta feira) e não perde seu foco, trazendo o melhor do turismo de luxo do mundo inteiro, além de cruzeiros, cias aéreas, operadores e agências de turismo.

A Travelweek São Paulo by ILTM é o maior evento do turismo de luxo da América Latina, ao todo são 465 expositores de 63 países, 424 compradores de 11 países, 25 cidades brasileiras e 43 cidades latino-americanas.

Na feira é possível acompanhar renomadas redes de hotéis como Tivoli, Four Seasons, Sofitel, The Ritz Carlton, Belmond, entre outros.

ParticipardaTravelweek

travelweek2016-hoteliernewsimg-9685-3